• Susane V. Almeida

Com taxas mais baixas, setor imobiliário vai se aquecendo

Com a pandemia do novo coronavírus no Brasil e as medidas de isolamento social adotadas, o mercado imobiliário obteve muitas das suas negociações estagnadas.



Segundo dados da Secretaria de Economia do DF, a arrecadação do setor no 2º bimestre de 2020 caiu cerca de 14,9% em relação ao mesmo período do ano passado. Porém, há perspectiva positiva à vista.


Com as medidas da Caixa Econômica Federal para facilitar os investimentos e as taxas de juros baixas, o mercado ensaia uma recuperação.


Com taxas mais baixas, clientes se animam com a possibilidade de adquirirem a tão sonhada casa própria.


Outro grande aliado neste momento são as divulgações e vendas feitas pela internet. Como a maioria dos clientes estão em casa, o acesso à internet se tornou essencial para a comunicação entre corretor e cliente.




Veja também: Live - Vitacon - Série Perspectivas do Mercado Imobiliário segundo análise dos incorporadores

8 visualizações